Siga nossas redes sociais

Notícias

25/08/2017

Parabéns CHAPECÓ pelos seus 100 anos de história

Historia de Chapeco

Datam da metade do século XVII, as primeiras viagens pela região. Os mamelucos paulistas dirigindo-se para as povoaçõesindígenas (construídas sob organização dos jesuítas espanhóis), caçavam indígenas para transformá-los em escravos.

Com o Tratado de Madri, assinado entre Portugal e Espanha, comissões mistas daqueles dois países estiveram pela área entre os anos de 1775 e 1777, quando foi localizado o rio Peperi-Guaçu (atual fronteira Brasil-Argentina). O rio Chapecó e as nascentes destes, foram exploradas pelo espanhol Gondim, geógrafo que integrava a comissão, veio ao Jangada (tributárioda margem esquerda do rio Iguaçu) e entendeu que essa era a fronteira da Espanha com Portugal. Surgiu daí a longa pendência de limites (Questão de Limites), somente solucionada em 1895, em favor do Brasil, tendo como árbitro o presidente americano Grover Cleveland.

Antes, para que a posse brasileira fosse garantida, foi criada na região oeste de Santa Catarina, a Colônia Militar de Chapecó, com sede em Xanxerê, fato que ocorreu em 1859 mas somente em 1882 instalou-se a colônia, dirigida pelo então capitão(mais tarde marechal), Bernardino Bormann. Entre 1943 e 1946, Chapecó, que então abrangia inteiramente o oeste do estado, pertencia ao Território do Iguaçu. Logo depois do Acordo de Limites entre o Paraná e Santa Catarina a 20 de outubro de 1916, Chapecó entregou-se a Santa Catarina

Antes o nome da cidade "Chapecó", como é de origem indígena seu nome era escrito: Xapecó, mas como tempo o governo da cidade preferiu mudar o X para CH e assim ficou até os dias de hoje.

Foi elevado à categoria de município, por meio da Lei nº 1147, de 25 de agosto de 1917. O município foi instalado em 14 de novembro do mesmo ano, porém, a sede municipal andou em garupas de tropas, sendo estabelecida ora em Passo dos Índios (Chapecó), demais vezes em Xanxerê e Passo Bormann. Somente em 1931 fixou-se definitivamente, onde atualmente está assentada a cidade. Dessa data em diante, a chegada de gaúchos (acima de tudo descendentes de italianos e alemães), incrementou o povoamento de Chapecó, então com uma área de grande extensão territorial e que atualmente se reduziu a quase 1 000 km². As principais atividades econômicas do município são a agricultura, a indústria, a madeira e a pecuária, fazendo de Chapecó, um dos municípios com maior população, PIB e IDH de Santa Catarina.

Até os últimos dias de 1953, Chapecó era um grande município, com área passando além dos 14 000 km². Sua história é a verdadeira história do oeste de Santa Catarina, do qual é "capital regional", também por conter, de alguns anos, uma espécie de sub-governo, a Secretaria de Estado dos Negócios do Oeste. (fonte Wikipédia)

Compartilhe |